SET RAP NACIONAL OLDSCHOOL

sexta-feira, 10 de novembro de 2017

EMINEM PREPARA NOVO SINGLE



Os detalhes sobre o próximo álbum de EMINEM ainda são escassos, e o rapper ainda não confirmou uma data ou título de lançamento.
Na quarta-feira (8 de novembro), o rapper de Detroit publicou uma foto da nota de prescrição com as palavras "Walk on Water". A nota também apresenta a palavra "REVIVAL" no topo com um "E." para trás. Acredita-se que seja o nome de seu próximo álbum e seguisse o exemplo dos títulos de projetos anteriores,  Recaída  e  Recuperação.

No mês passado, o gerente de EMINEM, Paul Rosenberg, vazou o título potencial do álbum, publicou uma foto de si mesmo segurando uma cópia física do projeto na frente de uma janela. Como o último post da IG, o anúncio também apresentou a assinatura do rapper para trás "E."
Enquanto os fãs esperam que Shady e seu time confirmem o novo álbum, o rapper aparecerá em um próximo episódio do  Saturday Night Live . Participação do anfitrião Chance O Rapper.
EMINEM também lançou recentemente uma nova coleção de mercadoria inspirada em sua música de sucesso "Stan". A coleção de três peças possui um hoodie branco, t-shirt e chapéu com "STAN" bordados sobre ele.

quarta-feira, 18 de outubro de 2017

NOVO DUALCLIP DE METHOD MAN PARA O NOVO ALBUM DO WU TANG CLAN


Methoda Man lança Dualclips novos " If Time is Money " e Hood Go Bang, onde fala muito sobre a venda de drogas e o confronto com a policia, com participações de  Raekwon e de Redman no segundo clip, mas esse nao aparece no clip, produção do DJ ALLAH MATHEMATICS que ja produziu Inspectah Deck, Ghostface Killah, RZA & Cappadonna.


quinta-feira, 12 de outubro de 2017

CRIANÇAS NO RAP NACIONAL - CYPHER KIDZ


A digital ONErpm acabou de lançar um vídeo que surpreende mesmo quem não é fã de rap. As imagens mostram o poder das rimas do grupo Cypher Kidz, formado por jovens entre 11 e 16 anos, cada um tem seu próprio trabalho. A mais conhecida da turma é MC Soffia, que já esteve nas páginas da Rolling Stone Brasil e foi vista no mundo inteiro ao se apresentar na abertura das Olimpíadas do Rio de Janeiro, ao lado de Karol Conka.

Na gravação, Soffia (13 anos), Damyen MC (12 anos), Cauan Sommerfeld (13 anos), MC Tum Tum (13 anos), MC Mirim (11 anos) e DJ Sophia (16 anos) mostram uma nova versão de “Internet”, música que lançaram em meados deste ano, tendo ainda a participação do Kunumi MC, que rima em tupi-guarani.

CLIQUE  NO LINK E VEJA O VIDEO 

EMINEM ATACA PRESIDENTE AMERICANO


O rapper Eminem chamou o presidente dos Estados Unidos, de líder racista e imprudente em um vídeo que foi ao ar na noite de terça-feira durante a premiação Black Entertainment Television Hip Hop Awards.

Eminem disse no rap de quatro minutos que eles precisam escolher entre apoiar ele ou o presidente.

“Racismo é a única coisa pela qual ele é fantástico”, cantou Eminem no vídeo, que foi gravado na sexta-feira em uma garagem em Detroit.

Trump já rejeitou anteriormente acusações de racismo. Em fevereiro, por exemplo, ele disse ser “a pessoa menos racista”.

Representantes da Casa Branca não responderam de imediato a um pedido por comentários sobre o rap de Eminem, que se tornou um dos vídeos mais assistidos do Youtube na manhã desta quarta-feira.

A música também menciona Barack Obama, predecessor de Trump, e Hillary Clinton, adversária democrata do presidente na eleição do ano passado.

“Mas é melhor que a gente respeite o Obama / porque o que nós temos no governo agora é um kamikaze / que vai provavelmente causar um holocausto nuclear”, cantou Eminem.

CLIQUE NO LINK E VEJA O VIDEO 

NELLY ACUSADO DE ESTUPRO


Nelly foi detido por estupro no dia 7 sábado, no estado de Washington, uma acusação classificada por seu advogado como "completamente inventada".
Pouco antes das 4h (8h, horário de Brasília), a Polícia de Auburn - cidade na periferia de Seattle - recebeu o chamado de uma mulher que disse ter sido violentada pelo rapper, segundo um comunicado.
A Polícia se apresentou no ônibus usado por Nelly em sua turnê, onde a agressão sexual teria acontecido.
Depois das primeiras investigações, prenderam o rapper, de forma preventiva na penitenciária de Des Moines, localidade  próxima de Auburn.
"Nelly é vítima de acusações totalmente inventadas", disse à agência AFP seu advogado, Scott Rosenblum. "Nossa investigação inicial estabelece claramente que essas acusações não têm credibilidade alguma e estão motivadas pela ganância e pelo rancor" da mulher, de acordo com uma declaração.
Nelly ve a possibilidade de processar a mulher, disse Rosenblum.

quarta-feira, 11 de outubro de 2017

2 PAC & NOTORIOUS BIG - NOVA SÉRIE SOBRE ASSASSINATOS NAO RESOLVIDOS


Faz duas décadas que as mortes de The Notorious BIG e Tupac Shakur e o interesse pelos assassinatos não resolvidos aumentaram. Agora, a rede dos EUA vai estrear um novo filme de TV sobre o desaparecimento prematuro do título icônico dos MCs Não resolvido: The Murders of Tupac & The Notorious BIG

A nova antologia do crime verdadeiro, que caracteriza Marcc Rose, desempenhando o papel de Pac e Wavyy Jonez, representando Biggie, faz uma rotação diferente sobre o relacionamento e as mortes dos rappers. Em vez de concentrar-se principalmente nos dois MCs, as escavações não resolvidas nas investigações que seguiram os assassinatos infames.
Josh Duhamel interpretará o papel do detetive Greg Kading. Jimmy Simpson será detetive Russell Poole e Bokeem Woodbine aparece no filme como oficial Daryn Dupree. De acordo com a Variety , o roteiro depende muito do livro de Kading, Murder Rap: The Untold Story of the Biggie Smalls & Tupac Shakur Murder Investigations. O show vai estrear neste inverno.
O próximo olhar dos EUA sobre as mortes de Big e 'Pac vem no novo Who Shot Biggie e Tupac da Fox ? Especial hospedado por Ice-T e Soledad O'Brien.
A rede de oxigênio também reuniu um documentário intitulado Snapped: Notorious Tupac Shakur, onde mergulharam nos casos frios.

sábado, 7 de outubro de 2017

DR DRE É ACUSADO DE MANDAR MATAR SUGE KNIGHT


Suge Knight em várias manchetes ultimamente, mas provavelmente não pelas razões que ele gostaria. Ele está no meio de uma repercussão legal depois da morte de Terry Carter.

Como o desenrolar disso, a verdade tornou-se ainda mais confusa. Suge continuou a lançar uma série de estratégias de defesa desconcertantes, incluindo lançar algumas acusações próprias.

Suge está afirmando que o Dr. Dre pagou um preço alto para dar um golpe nele - e esse é apenas o começo de suas acusações complicadas.

O julgamento do assassinato de Suge Knight apresentou possíveis consequências para matar um homem batendo-o com um carro. Desde então, ele fez sérias alegações contra o Dr. Dre - especificamente, que Dre pagou para que Suge fosse morto.

Em outubro passado, o Suge Knight emitiu uma ação judicial por US $ 300 milhões, alegando que o Dr. Dre tentou retirar Suge para que ele não precisasse pagar o dinheiro devido.

O caso de homicídio de veículo contra Suge Knight foi arquivado contra Suge, Dr. Dre, Ice Cube e Universal Music por Lilian Carter, a viúva do falecido Terry Carter. Terry foi atropelado e morto pelo caminhão de Suge Knight enquanto Straight Outta Compton estava sendo filmado.

O julgamento de "Marion 'Suge' Knight esta envolvido de  muito mistério. Suge Knight está afirmando que a razão pela qual Terry Carter foi morto é porque ele estava tentando se livrar de  um homem que foi pago para matá-lo pelo Dr. Dre. Da mesma forma, ele afirma que um ataque no clube de Hollywood em 2014 foi planejado pelo Dr. Dre como uma tentativa anterior de sua vida.

Então, por que o Dr. Dre quer matar Suge Knight? De acordo com Knight, é porque o Dr. Dre nao concordava em dar 30% de seus ganhos a Suge Knight pelo resto de sua carreira. Knight afirma que o Dr. Dre queria tê-lo morto em vez de pagar a taxa.

Dado que Dre nunca mais falou com Suge desde que deixou Death Row Records em 1996.

Agora, Suge Knight apresentou ainda mais reivindicações sobre esse processo em andamento.

Novos documentos legais revelam que Suge Knight afirmou que ele recebeu um cheque de $ 20,000, que o Dr. Dre escreveu para um homem chamado Dwayne Johnson. Ele afirma que isso foi "dinheiro do sangue" que o Dr. Dre pagou para que ele morresse no mesmo dia em que ele atropelou Terry Carter.

Nos documentos legais. Knight até afirma que Dwayne Johnson revelou que os US $ 20.000 eram pagamentos parciais para "Dwayne Johnson para participar do meu assassinato", de acordo com a TMZ .

De acordo com a saída, Suge Knight está essencialmente usando o fato de que ele temeu por sua vida como uma explicação sobre por que ele pode ter atropelado Terry Carter.

Quanto à resposta do Dr. Dre? seus advogados chamaram as alegações de Suge Knight de "absurdo".

sexta-feira, 22 de setembro de 2017

SUGE KNIGHT DIZ QUE 2 PAC AINDA ESTA VIVO


Se alguém souber sobre a morte de Tupac Shakur, é o produtor, Suge Knight, que estava sentado ao lado do famoso rapper quando foi baleado quatro vezes. Os dois estavam em Las Vegas, no carro de Knight, quando Shakur se tornou vítima de um tiroteio. Vinte anos depois, a teoria de que Shakur falsificou sua própria morte continua, vivo e bem. Agora Knight está pesando sobre a conspiração ...

Co-fundador da Death Row Records, Suge Knight, chocou o mundo com suas recentes declarações de que Tupac Shakur ainda poderia estar vivo. Knight foi o testemunho mais próximo do que aconteceu naquela noite fatídica há vinte anos, e ele tem a sensação de que seu amigo ainda está em algum lugar - e muitos outros concordam.

Knight, que agora tem 52 anos, apareceu no especial da Fox, 'Who Shot Biggie e Tupac?' com Ice-T e Soledad O'Brien. Ele falou com os dois da prisão e compartilhou sua teoria de que Tupac está realmente vivo e bem. O produtor acredita que Tupac agora se esconde em um país estrangeiro.

No clipe, que foi obtido pela TMZ, Knight pode ser ouvido explicando exatamente por que ele pensa que algo estranho aconteceu no hospital. "Quero dizer, quando eu saí do hospital, eu e Pac estavam rindo e brincando. Então eu não vejo como alguém pode passar da vida para a morte tão rapido", confessou.

Ice-T e O'Brien seguiram com as perguntas a Knight se ele realmente acreditava que Tupac poderia estar vivo. "Eu vou te contar com Pac, você nunca sabe", respondeu Knight. A bomba era inesperada, já que a maioria das pessoas perto do rapper negava que sua morte fosse falsa, incluindo sua própria mãe.

quinta-feira, 21 de setembro de 2017

PILOTO F1, LEWIS HAMILTON PODE ASSINAR COM A GRAVADORA DO JAY Z


Lewis Hamilton se dedica a sua outra grande paixão: a música. Segundo o jornal "The Sun", o atual campeão está em negociações com a Roc Nation, gravadora do rapper Jay-Z, para lançar algumas de suas canções.

Quando não está na pista, Lewis adora passar seu tempo livre no estúdio. Ex-namorado da cantora pop Nicole Scherzinger, o piloto tem diversos artistas em seu círculo de amizades, como os rappers Pharrell Williams, Dr. Dre e Timbaland.

Depois do carro, este é o meu lugar favorito. Minha fortaleza da solidão. (O estúdio) me permite ficar longe de tudo, e deixar que eu explore minha criatividade. Eu amo a música e amo o processo de fazer música. Quem sabe um dia, em breve, eu deixe você ouvir algo - escreveu Hamilton em um post recente nas redes sociais.

Lewis tem um estúdio de gravação em casa e já gravou faixas com produtores de renome, incluindo Rodney Jerkins, que está por trás de sucessos de cantores como Lady Gaga e Michael Jackson. Além de Jackson, as principais influências do piloto são Prince, Kodaline e o próprio Jay-Z.

Em 2012, o piloto quase lançou um álbum em colaboração com o rapper J Cole, no estilo R&B, mas acabou optando por não compartilhar o trabalho com os fãs. De acordo com o "The Sun", o piloto já tem cerca de 30 faixas gravadas.

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

KENDRICK LAMAR NO LOLLAPALOOZA 2018 ?



Vazou na internet uma foto com o suposto line-up do Lollapalooza Brasil do ano que vem. Red Hot Chili Peppers, Pearl Jam e The Killers seriam os headliners do evento. A imagem mostrA a lista completa dos artistas que devem estar no Autódromo de Interlagos, realizado nos dias 23, 24 e 25 de março de 2018. Major Lazer, Kendrick Lamar, Queen of the Stone Age, LCD Soundsystem, Justice, Paramore, Lana Del Rey, Dua Lipa, Tyler the Creator e Mac DeMarco também completam a lista.
Aguardem mais noticias, ainda não é certa a aparição do KENDRICK LAMAR no Brasil.

10 FATOS INTERESSANTES SOBRE SNOOP DOGG



1 – Seu nome – que na certidão de nascimento é Calvin Broadus Cordozar Jr – já mudou algumas vezes durante sua carreira. Começando por sua mãe que o apelidou de “Snoopy”, o artista já foi Snoop Dogg, Snoop Lion, Snoop Doggy Dogg, Snoopzilla, estes, os mais conhecidos.

Um dos motivos mais curiosos em relação às identidades do músico foi quando, em viagem à Jamaica, para gravar o álbum reggae “Reincarnated” (2013), o lendário Bunny Wailer, defensor do rastafarianismo, disse que não gostavam de chamar ninguém de ‘Dog’, e o chamou de ‘Lion’. Snoopy afirmou que era Bob Marley reencarnado e se converteu à doutrina Rastafari, mudando seu nome para “Snoopy Lion”. Isso deu o que falar entre os jamaicanos e Bob Marley, na certa, se revirou na cova.

2 – A carreira de Snoopy Dogg teve início em 1992, e ele não é o único da família no meio musical. Seu tio Bootsy Collins é cantor e multi-instrumentista e tocava com o pai do funk music, James Brown. E Snoop, por sua vez, para não perder a linhagem, é tio do rapper Lil’ Bow Wow.

3 – Seu primeiro trabalho “Doggystyle” (1993) ‘estourou’ rapidamente e levou o hip-hop ao topo do sucesso. O álbum ocupou a primeira posição no ranking Billboard 200 e, na primeira semana de lançamento, vendeu mais de 800 mil cópias.

4 – O rapper já atuou em 26 produções cinematográficas, entre elas várias comédicas como “Baby Boy” (2001), “Todo Mundo em Pânico 5” (2013) e a produção indiana “Singh is Kinng”, dos estúdios de Bollywood. Em “Reincarnated”, Snoopy interpreta ele mesmo em viagem à Jamaica, para gravação do álbum homônimo. O documentário produzido pela Vice levou o “Oscar dos Documentários Musicais” em 2013.

5 – Entre parcerias e duetos, gravou com TuPac, Wiz Khalifa, 50Cent, Charlie Wilson, Pharrell Williams (inclusive a música “Beautiful”, com vídeo clipe filmado no Rio de Janeiro, em 2012), Wiz Khalifa, Bruno Mars, Rita Ora, Miley Cyrus, Katy Perry, Mariah Carey, a cantora folk Jewell e a banda Limp Bizkit, entre outros. Suas influências musicais mais notadas são de George Clinton, Ice Cube, N.W.A., Biz Markie e Scarface.

5 – O rapper mostra seu lado empreendedor. Entre os seus negócios estão investimentos na rede de cafeterias Philz Coffee, em São Francisco, CA; investimentos na Reddit, um site de publicações sociais onde usuários podem divulgar materiais na web; e na Robin Hood, um aplicativo de negociação de ações na Bolsa de Valores.

6 – Em 2009, Snoop Dogg gravou a música e o vídeo clipe de “Groove on”, com Timati, para a PokerStars, mostrando que hip-hop combina super bem com o mundo do Poker. Ele se apresentou na festa do site em um campeonato em Las Vegas (2010) e foi o maior sucesso entre os apostadores.

7 – Em 2012, foi protagonista da campanha de Natal da Adidas, baseada no conto conhecido por “Os Fantasmas de Scrooge”. Em vez de fazer o “Ebenezer Scrooge” (nome em inglês do conto), lançou o “Ebenezer Snoop”. Ficou bem divertida.

8 – Para completar o lado “B” da vida do músico, ele se arriscou a carreira de cafetão. Conta que, em 2003, agenciou prostitutas para atletas de basquete e futebol. Tinha um ônibus com dez prostitutas, fazendo a ‘turnê Playboy’, que ia até as cidades onde os jogadores estavam.

Seu empreendimento fez o maior sucesso na época, e rendia um bom dinheiro, mas deixava tudo com suas meninas. “A questão não era dinheiro, era a fascinação em ser um cafetão. Quando criança, eu sonhava ser cafetão, sonhava com carros e roupas e prostitutas ao redor”; completa o rapper em entrevista à Rolling Stone norte-americana.

9 – Mais um número curioso é que Snoop confirmou que, em momentos filosóficos, consumiu cerca de 30 cigarros de maconha em um dia, andando pelas ruas de Kingston, com moradores de comunidades e os maiores traficantes da Jamaica. Ainda sobre este assunto, conta que já dividiu algumas tragadas com celebridades como Wiz Khalifa, Willie Nelson e B-Real do Cypress Hill.

10 – Completando sua fase ‘empreendedor’, Mr. Dogg investiu US$3 milhões no App “Eaze”, para delivery de maconha medicinal. O ‘Eaze’ realiza, em menos de 20 minutos, o trabalho de entrega domiciliar nos EUA. O valor colocado na startup pelo músico, principal investidor, foi feito através de seu fundo de investimento, o Casa Verde Capital. Juntamente com o apoio de outros fundos, o app idealizado por Keith McCarty, conseguiu levantar US$10 milhões, em 2015.

WIZ KHALIFA CONFIRMADO NO LOLLAPALOOZA 2018


Mais um artista do rap confirmado para mostrar a força do hip hop em grandes eventos.
Wiz Khalifa nasceu em 8 de setembro de 1987, em Minot, Dakota do Norte, Estados Unidos. Seus pais serviram nas forças armadas e se divorciaram quando ele tinha cerca de três anos de idade. O serviço militar levou-o a mover-se sobre uma base regular. Khalifa viveu na Alemanha, Reino Unido e Japão antes de se instalar em Pittsburgh, Pensilvânia, Estados Unidos, onde ele participou da escola Taylor Allderdice, de onde também saiu o artista Mac Miller. Seu nome artístico é derivado de Khalifa, uma palavra árabe que significa "Sucessor", e Wiz é uma abreviação de Wisdom, que significa "Sabedoria" em inglês, e que foi encurtado para Wiz Khalifa quando tinha quinze anos. Khalifa declarou a Spinner.com que o nome também veio a ser chamado de "Wiz Jovem" 'porque eu era bom em tudo que fazia.' Em 21 de Fevereiro de 2013 nasce seu filho chamado Sebastian Taylor Thomaz, apelidado pelo pai de "The Bash".

quinta-feira, 14 de setembro de 2017

RAPPER XXXTENTACION RECEBE AMEAÇA DE MORTE DA KLU KLUX KLAN


Sendo uma figura controversa. Seu clipe para “Look At Me!” recebeu varias críticas depois de liberados. Enquanto muitos de seus fãs o elogiaram por lidar com a desigualdade racial na América, outras pessoas ficaram horrorizadas pela maneira como ele tratou. A controvérsia que cercou o vídeo ajudou o clipe a conquistar mais de 7 milhões de acessos no YouTube até agora. No entanto, membros do KKK chegaram a assistir o vídeo e, como você poderia esperar, eles definitivamente não são fãs disso.

No Instagram, XXXTENTACION publicou um vídeo de uma mensagem de voz que recebeu de um membro do KKK. Deixaram uma mensagem ameaçadora para o rapper, dizendo que ele vai ser caçado por brincar com o KKK.

Foram essas as palavras: “Sim, filho da put*, ouça, você me envolveu agora e eu vou caçar você”. Ele diz: “Você quer matar pessoas brancas? Você quer matar pessoas negras? Você quer brincar com o K, filho da put*? Nós vamos rasgar seu rabo. Nós estamos indo até você”


PRIMERO RAPPER A GANHAR GRAMMY, EMMY E OSCAR NA HISTÓRIA, SEU NOME, COMMON


Nesse último fim de semana, Common conseguiu um feito inédito: se tornou o primeiro rapper a ter um Emmy, um Grammy e um Oscar.

Common recebeu o maior prêmio da televisão americana durante a entrega dos troféus técnicos no último domingo. Ele saiu vencedor no Emmy de canção original pela música “Letter to the Free”, do documentário “A 13ª Emenda”, produzido por Ava DuVernay para a Netflix.

Ele ganhou um Oscar por trabalhar em outra produção de Ava Duvernay: com a canção “Glory”, do filme “Selma”, enquanto o ganhou um Grammy ele ganhou em 2002, por sua participação com Erykah Badu, “Love of My Life”, outro de 2006 na categoria “Melhor Álbum de Rap” com o Be, em 2007 ele venceu em “Melhor Colaboração Hip-Hop” com o som “Southside” em parceria com Kanye West.

terça-feira, 12 de setembro de 2017

LIL UZI VERT VAI GRAVAR 1 FAIXA COM MARILYN MASON



Lil Uzi Vert foi convidado a participar de uma faixa no novo album do MARILYN MASON que afirma e eu adoraria ver isso acontecer porque acho que ele poderia fazer uma coisa nova. Não é um tipo de coisa rock / rap, algo especial e novo que eu acho que precisa ser criado apenas para mudar a cena musical do rock. Eu acho que se eu tivesse que escolher o que Lil Uzi Vert deveria estar, se ele estiver envolvido no rock, é um Early Brains ou Faith No More, mas com um elemento mais atraente. Eu acho que ele tem punk rock na veia. Ele é um filho da puta louca. E bom. Inteligente. Ele tem atitude, e gosto disso nele ".
Também no caso de você não estar ciente, Lil Uzi Vert é um grande fã de Marilyn Mansion, ele decidiu fazer. 

EMINEM LANÇA FILME COM TRILHA PRODUZIDA POR DR DRE


Após a estréia do novo filme de Eminem , Bodied , no Festival de Cinema de Toronto de 2017, Dr. Dre está se reunindo a frente para produzir a trilha sonora do filme. Segundo os relatórios , Eminem está no processo de adquirir todos os direitos de distribuição do filme e, uma vez que isso resolvido, a trilha sonora com seu mentor de longa data seguirá.

Além disso, o diretor do filme, Joseph Khan, também afirmou: "No momento em que é comprado e pronto para distribuição, a Eminem contribuirá com uma série de músicas para a trilha sonora. (Em e gerente de longa data, Paul Rosenburg) recrutaram o Dr. Dre para algumas músicas. "Veja o trailer de Bodied aqui se você ainda não o fez.


Enquanto isso, o novo álbum de Eminem poderia estar chegando a qualquer momento agora de acordo com este relatório , fique atento.

DJ SAN MIX NOS TOCA DISCOS FLASH BACK

sábado, 9 de setembro de 2017

SABOTAGE, SUAS ULTIMAS PALAVRAS



Por que  Sabotage? 
Meu irmão que já morreu vivia me chamando de Sabotage. Você trabalha no tráfico e não é preso — isso, para ele, era uma sabotagem. Na época eu não sabia o significado da palavra. Quase oito anos depois, eu já entendo. Sabotagem é um ato terrorista.

Mas a mensagem das suas músicas são antiviolência. 
Vi meu irmão assassinado com treze tiros no Jardim Arthur Alvim [zona leste de São Paulo]. Vivi a violência e cheguei à conclusão de que não adianta. Se eu usar da violência contra quem matou meu irmão, vou perder dois irmãos. A violência é a maior besteira.

Que efeito provoca a violência? 
O resultado da violência é você ir se transformando, sabe uma metamorfose? O cara pratica o primeiro ato de violência quando discute na rua, briga. Depois entra no tráfico, vira o terror da violência. Aí ele não vai mais bater, vai dar tiro. Aí cai um, caem dois, três, quatro, e ele cai numa cadeia, perde 10, 15 anos da vida dele. E sai com a mente podre, pensando em outro assalto. Uma hora ele vai morrer, vai ser preso de novo, procurado, não vai poder passear. É tão legal você poder passear, meu... pegar um tênis, uma calça e sair de rolê, pegar a lotação e ir embora... É tão legal respeitar todo o mundo com palavras simples, “com licença”, “obrigado”. Mas o lance é que é muito difícil ver um cara que conseguiu sair da violência.

Você já foi preso alguma vez? 
E eu analiso as coisas assim: há males que vêm para o bem. O inteligente é aquele que aprende com o erro do errado. Quem está no crime e não vai preso? Qualquer cara da periferia que não escuta o pai nem a mãe vai parar na cadeia ou vai morrer rápido. E aí, mano, é o seguinte: morreu, fodeu, tá entendendo? Satanás usa a TV como um livro dele! Não tem estudo na TV. Tem informação, sim, mas sobre sexo. É só pega ali, chupa aqui, alisa lá. Você não vê novela? Das 6, das 7, das 8, Malhação. Isso gera a violência.

Hoje você está casado, construiu uma família. Você se considera um sobrevivente? 
Meu sogro fica mordidão porque eu fumo maconha. Ele me vê na televisão e diz que não sou eu. Só me chama de Maurinho... É daqueles caras do interior, humilde. Repara bem: a bicicleta dele tem um motor de moto. O velho é mil grau, uma inspiração que a gente tem. Trabalha pra caralho e não fala da vida de ninguém. Pode chegar e perguntar: “Você viu o cara do 44?”. Ele mora no 43, mas vai dizer que não viu nada.

Ele é parte daquela maioria honesta e trabalhadora que paga o pato das ações criminosas que acontecem no morro… A cocaína não vem do morro, vem do avião da FAB. A maconha é plantada no terreno de quem? Além disso, tem os caras que buscam o neguinho na favela, dão dez reais para ele e amanhã já era. Amanhã esses mesmos caras ganham um Oscar, ganham tudo, mas o neguinho continua no barraco...

Isso seria uma crítica ao diretor Fernando Meirelles e à produção de seu filme, Cidade de Deus? 
Primeiro pego na mão dele por mostrar a realidade. Depois discordo de algumas coisas. Cadê a mãe dos caras, que não aparece nunca no filme? A molecada só cresce, vira ladrão, mata, morre. A mãe deles sofreu, chorou para não entrarem no crime. Tem que ter uma história bem contada, não é assim não! Eu fumo maconha o dia inteiro, mas vejo tudo em detalhes. Então não vem com essas de “mas isso é um filme”. Vai enrolar os boys, os caras da casa do caralho!

Você disse que fuma maconha o dia inteiro. Que efeitos te provoca? Eu vivo num mundo totalmente isolado. Analiso as coisas antes de fazer as paradas. Fico sentando de cantão, olhando. Então as pessoas falam: “Puta, aquele cara viaja 24 horas na maconha, será que ele pensa o quê? Será que ele não pensa em nada?”. Eles não encararam qual é a minha, mas os filhos que são adolescentes dizem: “O Sabotage é doido, escreve as músicas dele, já não tem mãe nem irmão, perdeu os primos todos assassinados, o tio está preso há 29 anos, o velho Monarca [personagem do livro Estação Carandiru, de Drauzio Varella, foi retratado no documentário Travessia do Tempo, da jornalista Dorrit Harazim] ”. Conclusão: não tenho muito o que ficar rindo, mas também não tenho muito de ficar “coitadinho sou eu, culpado são vocês”. Então fico aí registrando as coisas e escrevendo, sabe?

Voltando lá atrás, como começou a sua carreira na música? 
Sempre gostei de música. Com 8 anos eu já escutava Pixinguinha, Chico Buarque. Sou aquela espécie de negão que não joga uma bola, que gosta de escrever uma música, de escutar um som. Eu gosto de ouvir Cassiano… Não gosto de caras da minha idade cantando uma parada de agora. Muitos enxergam Aracy de Almeida como aquela gorda nos jurados do Silvio Santos. Vejo Aracy como uma mina de 25 anos cantando nos grandes coretos por aí. Para falar de música comigo, tem de ser professor.

Qual é a primeira música marcante de sua vida? 
Quando ouvia “O Meu Guri” [de Chico Buarque], aquilo era o meu retrato no morro. Porque eu era vendedor de droga. E, quando vinha a polícia, corria para dentro do morro, guardava os bagulhos em tal lugar, a arma em outro, trocava de roupa e ia para dentro do meu barraco. Chegava lá, meu pai estava vendo televisão, e meu coração batendo na boca. Aí entravam os homens, perguntavam se ele não tinha visto nada e ele “não, não”. Ficava olhando para mim, para os policiais, e quieto. Ele tinha medo dos caras, mas eu dizia para ele: “Você não viu nada, não vai falar nada. Se vierem aqui falar que vendo droga, você não diz nada”.

Conte um pouco como foi gravar Carandiru, com o diretor Hector Babenco. 
Foi foda, mano. Eu dizia: “Isso não existe”. Ele dizia que era um filme, e eu dizia que era a realidade. Aí ele começou a dar ouvido. Mas é um cara rígido... Exige de mim, como exige do bonitão. Quer saber é do filme dele pronto, senão põe outro no lugar. Também, se você não tiver objetivos, vai chegar onde?

Você compôs um rap com Babenco, não foi? 
Fiz a trilha sonora. Ele escreveu umas paradas de águas turvas, uns bagulhos lá de onde ele nasceu, da Argentina. Aí me explicou que águas turvas significava águas sujas, escuras. Ele começou a me explicar e eu fiz a música com ele. Deu um bagulho violento. O nome é “Sai da Frente que Vem Gente”.

Você fez filmes, aparece na mídia. A exemplo do Xis, que participou da Casa dos Artistas, você já sofreu críticas por isso? 
Ninguém fala isso para mim. Mas para o Xis… vixe, só faltaram bater no cara. O caso é que ele plantou uma parada e fez outra. Entra na Casa dos Artistas do nada e diz que não arruma a cama porque é favelado. Vendeu uma imagem que não corresponde à da favela. É, e aí já era. O Belo [cantor carioca acusado de envolvimento com o tráfico], você acha que está malvisto? Nada, meu, a galera gosta dele, as minas, a criançada. A gente já conhece ele, sabe que nasceu na favela, passou por circunstâncias, teve problemas também. Vocês não sabem disso.

Alguém já chegou questionando suas atitudes? 
Nada. Sou vacinadão nesses baratos. Já foi o meu tempo de crise, de dar porrada. Sabe o que falo para o cara? Pergunto o que ele não gostou e digo que vou melhorar. Pago até esse mico [risos]...

Você virou sucesso na periferia. Como lida com isso? 
Me chamam de fodidão. Mas fodidão é o caralho! Fodidão está lá em cima e manda sol, chuva, trovão e estoura essa porra se quiser, tá ligado? Eu olho no olho do cara e vejo se ele merece, se é amigo de verdade. Porque hoje em dia seu inimigo não tem cor nem tem cheiro. E não é só na favela que é assim. É na faculdade, no trabalho.

Você se considera um líder? 
Eu queria poder falar “vamos trabalhar” e que os caras viessem na minha. Eu falo: “Mano, já vendi droga, já tomei tiro de polícia, já dormi no matagal por causa de polícia e de ladrão querendo me pegar. No mundo do crime você arruma vários buchichos”. Aí uns falam: “É mesmo, né”... Mas, depois que eu saio fora, continuam fazendo a mesma coisa. Mano, a paz não se prega assim [fazendo o sinal da campanha “Sou da Paz”], mas com comida, estudo. [Aponta para um senhor] Aquele velhinho ali é muito inteligente, mas não tem trampo. Os adolescentes, só na maconha — na zona sul já tem até uma lei que diz que se alguém ligar reclamando porque tem gente fumando na porta, quem vai preso é quem ligou.

Você se sente um vitorioso? 
Meu show é 500, 800 reais. Já é mais que um salário mínimo. Falei para a minha mãe que um dia ia viver de música, e hoje vivo de música.

O que você vai deixar para seus filhos? 
Eu falo para eles: “O pai, daqui a uns 40 anos, se chegar lá, vai perder a voz, o pai fuma maconha, cigarro… Portanto, vai estudar, porque eu já alcancei o que queria”.

Qual vai ser o seu futuro? [Pensativo] Vou ficar fazendo cabeças por aí com o rap...

Vamos simplificar a pergunta: como vai estar daqui a dois anos? Puta que pariu… [Pensativo] A tendência é só piorar... Se o Lula não der jeito, meu Deus do céu, estamos todos pegos!

QUAL A DIFERENÇA, MC OU RAPPER


São similares, mas não iguais. Para muitos que não conhecem o valor que têm a sigla, “M.C”. – que é o Mestre, o Último Nível, o Conhecimento pleno do Microfone na Mão, ou seja, o Mestre naquilo que faz! – ambos os termos podem ser sinônimos. O MC pode animar a platéia, apresentar, rimar, fazer curadoria… É infinita a capacidade de performance do MC! Já o Rapper não precisa ter todas as facetas multifuncionais do MC. Qualquer um pode ser rapper, pode fazer rap, pode gravar rap, ter uma carreira de rapper. Na verdade, existem mais Rappers do que MCs, no real sentido que a palavra “MC” tem, palavras de  Afrika Bambaataa.
DETALHE, MC DE FUNK NAO SE ENCAIXA NISSO, É OUTRO CONCEITO.

segunda-feira, 4 de setembro de 2017

LIL WAYNE FOI HOSPITALIZADO


O rapper Lil Wayne teria sido hospitalizado em Chicago depois de sofrer uma crise epiléptica, foi encontrado inconsciente em seu quarto do Hotel Westin no domingo à tarde (3 de setembro). Ele foi levado para o Northwestern Hospital onde ele teve outra convulsão.

O rapper de Nova Orleans sofre há muito tempo pelo transtorno neurológico e foi hospitalizado várias vezes nos últimos anos, ficando seis dias hospitalizado em 2013 e após um incidente em um vôo de cross-country em 2016.

Wayne, que atualmente está em turnê com  Rae Sremmurd , estava programado para se apresentar no Drai's Nightclub, em Las Vegas, em 3 de setembro. Ainda não está claro se Wayne será dado alta.

terça-feira, 29 de agosto de 2017

TYLER THE CREATOR NO BRASIL EM 2018


Ele acaba de ser confirmado como mais uma atração do Hip Hop no line up do evento Lollapalooza que será realizado no mes de março de 2018.
Já Tyler The Creator é original da Califórnia e se chama Tyler Gregory Okonma, com 26 anos. O rapper já foi amplamente criticado por utilizar representação gráfica de violência contra mulheres e por ter letras consideradas misóginas. Seu último álbum lançado esse ano, intitulado Flower Boy, chegou na tentativa de limpar um pouco essa imagem dele.

quinta-feira, 24 de agosto de 2017

WU TANG CLAN & REDMAN LANÇAM NOVO SINGLE


A mais ou menos 6 hrs WU TANG CLAN com participação mais que especial do REDMAN lançam uma nova musica q faz parte do novo single PEOPLE SAY, mais uma pedrada sonora de um dos maiores grupos de rap de todos os tempos, mantendo toda aquele energia e vibe que todos conhecem, só clicar e ouvir a pedrada.

https://www.youtube.com/watch?v=db7z2t0hQ2o

RACISMO NA EUROPA COM MAGIC JOHNSON E SAMUEL L JACKSON


O ator Samuel L. Jackson e o ex-jogador de basquete Magic Johnson confundidos com imigrantes por internautas italianos xenófobos e foram alvos de vários xingamentos. As duas celebridades compartilharam fotos nas redes sociais nas quais aparecem com roupas de grife relaxando em uma cidade italiana. Enquanto a brincadeira começou com um meme zoando os xenófobos locais, depois ela passou a ser compartilhada por opositores da entrada de imigrantes na Europa.

quarta-feira, 23 de agosto de 2017

MANO BROWN PODE SER ATOR DE FILME NACIONAL


O filme sobre o guerrilheiro Carlos Marighella, vai ganhando contornos cada vez melhores. O longa será o primeiro de Wagner Moura na direção e deve também marcar a estreia do Mano Brown, como ator.

O rapper seria o protagonista do filme. Mano Brown foi o autor de parte da trilha sonora do documentário sobre Marighella. A ligação não termina aí: o músico também fez um clipe contando a história do político.

O projeto será uma adaptação do livro “Marighella – O Guerrilheiro Que Incendiou o Mundo”, de Mário Magalhães.

segunda-feira, 21 de agosto de 2017

DR DRE SUPOSTAMENTE PREPARA NOVO ALBUM DE EMINEM


DR DRE viajam para Honolulu no Hawai com seu engenheiro de som predileto, e se prepara para produzir album novo do artista de rap EMINEM, será verdade isso, vamos aguardar o MIDAS do rap soltar algo na internet para ouvirmos.

CANTOR DE R&B TREY SONGZ, 18 MESES DE CONDICIONAL


O superstar do R&B evitou um tempo de prisão em regime fechado por se declarar culpado em dois casos menores de Pertubação da Paz e Agressão Agravada por Obstrução a um Policial.
Como parte do acordo, as outras acusações de Trey foram arquivadas. Agora ele vai encarar 18 meses de condicional, com aulas de controle de raiva, testes de drogas frequente e uma multa de valor não revelado.
De acordo com informações anteriores ao final do processo, Trey poderia pegar cerca de 4 anos de prisão em regime fechado por causa da agressão feita a um policial durante o incidente, fato que ocorreu após sua apresentação no “The Big Show at the Joe”.

sexta-feira, 18 de agosto de 2017

FALCÃO DO GRUPO RAPPA SOFRE INFARTO, TUDO MENTIRA

A NOTICIA FOI EQUIVOCADA, NO HOSPITAL SAMARITANO ELE FEZ LAUDO, APENAS ISSO, FOI APENAS INDISPOSIÇÃO, APENAS PRECISAVA DE DESCANSO, ESTA TUDO BEM A CARREIRA DELE SEGUE

sexta-feira, 4 de agosto de 2017

PRESO UM DOS FUNDADORES DO GRAN MASTER FLASH & FURIOUS FIVE



 Um dos fundadores do Grandmaster Flash and the Furious 5, foi detido na quarta-feira (2) pela morte com arma branca de um homem em Nova York, informou hoje a imprensa local.
Nathaniel Glover, mais conhecido como Kidd Creole, é acusado de assassinato em segundo grau, um crime com uma pena máxima de cadeia perpétua.
O cantor de rap, de 57 anos, brigou com a vítima em Manhattan e terminou desferindo-lhe várias facadas, segundo fontes da Polícia.
A vítima, de 55 anos e que vivia em um lar para pessoas sem teto, foi levada a um hospital, onde morreu pouco depois. Glover, que segundo essa versão fugiu após o incidente, foi detido depois que a polícia o identificou em imagens capturadas por uma câmera de segurança.
O artista foi um dos protagonistas do começo do rap em Nova York nos anos 70 como membro do influente grupo Grandmaster Flash and the Furious Five, que teve seus maiores sucessos no início da década de 80 e que em 2007 se tornou a primeira banda de hip hop a entrar para o Salão da Fama do Rock.

LUIZ MELODIA MORRE NESSA SEXTA FEIRA



O cantor, compositor e músico Luiz Melodia, morreu na cidade do Rio de Janeiro (RJ), aos 66 anos, em decorrência de complicações de um câncer que atacou a medula óssea. Melodia morreu na madrugada de hoje, 4 de agosto, por volta das cinco horas da manhã. Melodia chegou a fazer um transplante de medula óssea e resistiu ao procedimento, mas não vinha respondendo bem à quimioterapia. O câncer voltou e o estado de saúde de Melodia se agravou bastante ontem. O artista estava internado no hospital Quinta D'Or.

quinta-feira, 20 de julho de 2017

CHESTER BENNINGTON VOCALISTA DO LINKIN PARK MORRE



O vocalista da banda Linkin Park, Chester Bennington, foi encontrado morto em sua casa, na Califórnia, nesta quinta-feira, segundo o site  TMZ. Fontes informaram ao site que ele se enforcou. O músico tinha 41 anos. Bennington deixa a esposa, a modelo Talinda Ann Bentley, com quem havia se casado em 2005, e seis filhos – três deles do casamento com Talinda e outros três de relacionamentos anteriores.

DR DRE GUARDA MUSICA FEITA COM NOTORIOUS BIG, DIZ RICK ROSS



Na cultura do hip-hop, algumas coisas são tão lendárias quanto o cofre do Dr. Dre. Quem sabe quantas jóias inéditas estão dentro? Detox, por um lado. Eminem's Relapse 2 pode muito bem estar lá. Agora, podemos confirmar com segurança que existem pelo menos quatro articulações de Rick Ross também.

Em uma entrevista com Angie Martinez, The Boss refletiu em sua sessão de estúdio com Dre, afirmando que gravaram cinco articulações. Um dos quais acabou por ser "3 Reis" com Jay Z e Rick Ross, mas os outros quatro permanecem escondidos. Depois, Ross deixou cair algumas notícias tentadoras - aparentemente, ele ouviu um boato sobre uma faixa inédita Dre & Biggie.

"Eu quero que você pergunte a Puff, mas eu ouvi que pode haver um registro Dre / Big, B.I.G", diz Ross. "Conversa real, eu ouvi isso. Ouvi dizer que eles fizeram uma musica juntos.

É louco pensar sobre o que está no cofre de Dre. Suponho que tudo o que podemos fazer é rezar para que o bom médico seja atingido com uma súbita generosidade. De qualquer forma, não há como negar uma faixa Dre e Biggie seria difícil como o inferno.
CLIQUE E ASSISTA

3 KINGS

CARTA DE 2PAC PARA MADONNA VAI A LEILÃO



Uma carta assinada pelo rapper Tupac (1971-1996) e levada a leilão prova que ele terminou seu relacionamento com a cantora Madonna pelo fato dela ser branca. O lance inicial pelo item na casa de leilões Gotta Have Rock and Roll é de 100 mil dólares, o equivalente a cerca de 330 mil reais. A carta está datada do dia 15 de janeiro de 1995, 18 meses antes da morte do músico e foi revelada ao público pelo site TMZ.

“Para você, ser vista com um homem negro, não coloca em risco a sua carreira, no máximo faz com que você pareça mais aberta e aventureira”, escreve o músico. “Para mim, no entanto, acredito que estaria decepcionando metade das pessoas que me fizeram o que sou. Jamais quero te machucar. Você consegue entender?”, pergunta o cantor.

O irmão de Tupac, Mopreme Shakur já havia confirmado que o rapper e Madonna haviam mantido um breve relacionamento. Tudo teria começado com uma troca de bilhetes durante um evento no qual os dois estavam presentes. Recentemente, Madonna compartilhou uma foto com ela ao lado do ex no dia que ele comemoraria seu aniversário de 46 anos. “Feliz aniversário, Tupac!”, escreveu a artista na legenda do registro.

terça-feira, 20 de junho de 2017

PRODIGY DO GRUPO MOBB DEEP MORRE


O rapper  Prodigy, do  Mobb Deep, morreu nesta terça  aos 42 anos em Las Vegas, nos Estados Unidos, publicou o site "TMZ". A causa da morte do músico não foi revelada. Nos últimos anos, ele passou por problemas sendo diagnosticado com anemia falciforme. No último sábado, o rapper se apresentou com o Mobb Deep em Las Vegas na turnê "Art of Rap", ao lado de nomes como Ghostface Killah, Onyx, KRS-One e Ice-T. Prodigy, cujo nome de batismo era Albert Johnson, formou o grupo com o parceiro Havoc em 1992 e lançou oito álbuns de estúdio, vários deles dedicados ao gênero gangsta rap. O mais recente, "The Infamous Mobb Deep", saiu em 2014. Entre os maiores sucessos da da dupla estão as faixas "Quiet Storm" e "Shook Ones (Part II)"

segunda-feira, 29 de maio de 2017

SNOOP DOGG VAI GRAVAR TRAMPO GOSPEL


Snoop Dogg revelou  para o programa de rádio "The Pharmacy", na última sexta-feira, que está trabalhando num álbum gospel. Ele contou que sempre teve vontade de fazer um disco desse gênero, mas nunca conseguiu antes por conta do rap.

"Estou trabalhando em um disco gospel. Isso sempre esteve no meu coração. Eu só nunca consegui fazer porque sempre estava sempre fazendo coisas de gangster e ocupado com outras coisas. Mas eu sinto que isso está no meu coração por tempo demais. Preciso fazer agora", disse na entrevista.

Ele ja tem idéia em mente dos convidados para esse trabalho.

"Eu e a cantora Faith Evans conversamos seriamente sobre isso porque ela está com vontade de trabalhar nisso comigo. Todas as pessoas que eu conheço, de Charlie Wilson até Jeffery Osborne, quem eu quiser para esse projeto. Vamos fazer isso acontecer", contou.

terça-feira, 11 de abril de 2017

Descubra os Principios dos PANTERAS NEGRAS



1. O princípio central que guiava os Panteras Negras era “um amor infinito pelas pessoas”.

O Partido dos Panteras Negras foi fundado em 1966 por Bobby Seale e Huey Newton ( foto acima ).
Esses dois revolucionários criaram a organização nacional como forma de combater coletivamente a opressão dos brancos. Depois de ver os negros sofrerem constantemente com a tortura praticada por policiais em todo o país.
Newton e Seale ajudaram a formar o pioneiro grupo de libertação dos negros para ajudar a construir uma comunidade e confrontar sistemas corruptos de poder.


2. Os Panteras Negras delinearam seus objetivos em um programa com 10 pontos.

Os Panteras Negras criaram uma plataforma unificada e seus objetivos para o partido foram delineados em um plano de 10 pontos que incluíram demandas por liberdade, terra, habitação, emprego e educação, entre outros importantes objetivos.



3. Os Panteras Negras monitoravam o comportamento da polícia nas comunidades negras.

Em 1966, a violência da polícia corria solta em Los Angeles, e a necessidade de proteger homens e mulheres contra a violência pelo estado era crucial.
Membros armados dos Panteras Negras apareciam durante as prisões de homens e mulheres negras, se posicionavam a uma distância permitida e vigiavam suas ações.
Era “para ter certeza de que não iria ocorrer nenhuma brutalidade”, Newton disse em imagens de arquivo, como mostrado no documentário.
Tanto os Panteras Negras quanto os policiais ficavam frente a frente, armados, um ato que estava de acordo com a lei de porte de armas vigente na Califórnia naquela época.
Esses confrontos, de muitas formas, permitiam aos Panteras proteger suas comunidades e vigiar a polícia.

4. O partido cresceu muito e chamou a atenção em várias cidades.

O objetivo do partido de aumentar o número de adeptos não visava recrutar frequentadores de igreja, como explicado no documentário, mas recrutar negros que sofriam a brutalidade da polícia no dia a dia.
Quando os negros em todo o país viram os esforços dos Panteras na mídia, especialmente depois que invadiram, armados, a sede do governo da Califórnia em Sacramento, em 1967, mais mulheres e homens ficaram interessados em se filiar.
O grupo também abordou questões como moradia, bem-estar e saúde, o que foi de encontro aos anseios da população negra em todo o país. O partido cresceu rapidamente — e não estabeleceu um processo de triagem porque a prioridade, naquela época, era recrutar o maior número de pessoas possível.



5. "Liberte Huey” tornou-se um grito de guerra contagiante depois da prisão de Huey Newton, em 1967.

Em 1967, Newton foi acusado de matar a tiros o policial John Frey, de 23 anos, durante uma blitz. Depois do tiroteio, Newton foi hospitalizado com ferimentos graves e algemado a uma maca em um quarto fortemente vigiado por policiais.
Como resultado de sua hospitalização e prisão, Eldrige Cleaver assumiu a liderança dos Panteras e exigiu que “Huey deveria ser libertado”.
A frase acabou sendo encurtada para “Free Huey” (Liberte Huey), duas palavras que despertaram um movimento exigindo a libertação de Huey.

6. Os Panteras Negras afirmaram a beleza negra, o que ajudou a atrair mais membros.

A visão de homens e mulheres negras ostentando, sem modéstia, seus cabelos afro, boinas e jaquetas de couro exerceram um apelo especial para muitos negros na época.
Refletiu um novo retrato para os negros dos anos 60 de uma forma que atraiu muitos jovens negros que queriam se filiar ao partido — alguns até mesmo escreveram cartas para Newton pedindo para se filiar.
“Os Panteras não inventaram a ideia de que o negro é lindo”, disse Jamal Joseph, ex-membro do partido, que participou do documentário de Stanley. “Uma das coisas que os Panteras fizeram foi [provar] que o negro é lindo.”

7. Os Panteras Negras entenderam como a mídia funciona e, efetivamente, se aproveitaram disso.

Os Panteras Negras promoveram sua agenda ao apelar para o que acreditavam que jornalistas e fotógrafos buscavam para cobrir o noticiário.
“Foram capazes de estabelecer sua legitimidade como uma voz de protesto”, disse o jornalista Jim Dubar no documentário. Elevaram suas vozes e imprimiram suas imagens em jornais, revistas e programas de TV.




8. O Partido dos Panteras Negras lançou o programa ‘Café da Manhã Grátis para as Crianças’.

O partido notou uma séria necessidade de nutrir crianças negras em comunidades marginalizadas, então gastavam cerca de duas horas preparando o café da manhã antes da escola para crianças em bairros pobres.
“Estudos revelaram que crianças que não tomavam um bom café da manhã eram menos atentas na escola e menos inclinadas a ter um bom desempenho, e sofriam de fadiga”, disse no documentário David Lemieux, ex-membro do partido.
“Apenas usamos essa informação e desenvolvemos um programa para servir café da manhã para crianças”, acrescentou. “Estávamos demonstrando amor por nossa gente.
”O partido servia cerca de 20 mil refeições por semana e se tornou o programa mais bem-sucedido dos 35 lançados pelos Panteras.


9. O partido tinha inimigos nos altos escalões, como o ex-diretor do FBI, J. Edgar Hoover, que lançou a COINTELPRO.

O ex-diretor do FBI J. Edgar Hoover, temia a ascensão do Partido dos Panteras Negras, por isso criou a operação secreta COINTELPRO, para desacreditar os grupos nacionalistas negros.
O objetivo do Programa de Contraespionagem era “desmascarar, perturbar, desorientar, desacreditar ou, caso contrário, neutralizar” as atividades dos nacionalistas negros.
“Éramos seguidos todos os dias, éramos assediados, nossos telefones eram grampeados, nossas famílias eram assediadas”, disse Ericka Huggins, que fazia parte dos Panteras Negras, cujos pais foram questionados pelo FBI, segundo o filme. Hoover enviava regularmente cartas aos policiais encorajando-os a encontrar novas formas para conter o Partido dos Panteras
Negras. Embora a COINTELPRO tivesse outros alvos além do partido, 245 de um total de 290 ações eram direcionadas aos Panteras Negras.

10. Hoover temia a “ascensão de um messias negro”.

Hoover temia qualquer expansão do movimento e, especialmente, temia que aliados brancos se unissem aos ativistas negros para apoiar o movimento.
Através da COINTELPRO, Hoover encontrou formas de rastrear, perseguir e pesquisar informações sobre o partido, incluindo a inserção de informantes do FBI dentro do grupo.
Um deles foi William O’Neal, que atuou como guarda-costas do proeminente membro do Panteras Negras Fred Hampton.

11.Os membros do partido moravam juntos nos “Panther Pads.”

Em resposta à operação COINTELPRO, os membros do partido criaram centros comunitários chamados de "Panther Pads".
Alguns membros pararam de ir para casa para proteger suas famílias, por isso ficavam juntos.
Os "Panther Pads" tinham de ser monitorados 24 horas e uma lista de responsabilidades rotativa, o que, por sua vez, ajudou a criar um senso mais forte de comunidade.

12. Mulheres negras tiveram voz, ganharam reconhecimento e ajudaram a fortalecer o movimento.

Os Panteras Negras são frequentemente associados com seus integrantes do sexo masculino, mas as mulheres desempenharam um papel fundamental no partido. No começo dos anos 70, o partido Panteras Negras era formado em sua maioria por mulheres.
Mulheres como Kathleen Cleaver (na imagem), Assata Shakur, Elaine Brown e Angela Davis — que não era filiada — assumiram funções de liderança e tinham uma enorme influência na direção do partido.
“O Partido dos Panteras Negras certamente tinha um tom machista, então tentamos mudar alguns papéis de gênero evidentes de modo que as mulheres tivessem armas e os homens preparassem o café da manhã para as crianças”, Brown disse no documentário.
“Conseguimos superar aquilo?. Claro que não. Como gosto de dizer, não achamos esses irmãos em um céu revolucionário.”

13. Os Panteras Negras ajudavam a financiar o partido com a venda de jornais, que exibiam impressionantes obras de arte.

Os Panteras distribuíam um jornal em várias cidades que se tornaram vitais para a sobrevivência do partido. Eles vendiam o jornal por 25 centavos de dólar, cuja metade ia para impressão e a outra metade para os diferentes ramos do grupo.
O jornal, que trazia o plano de 10 pontos, alcançava pessoas as quais os Panteras não tinham acesso. O jornal também retratavam obras de arte comoventes, que mostravam a resiliência do cotidiano dos negros.


 14. O assassinato de Martin Luther King causou um impacto devastador no partido.

O ícone dos direitos civis, Martin Luther King Jr., que consistentemente defendia a não violência e inspirou muitas pessoas, foi assassinado em 1968.
Seu assassinato desencadeou uma resposta de grandes proporções dos Panteras Negras. “Eles haviam matado a última chance que eu tinha de ser pacífico em relação a eles”, disse um ex-membro do partido. “Eles haviam matado sua última chance de negociação.”

15. O assassinato pela polícia do garoto Bobby Hutton, de 17 anos, causou grande impacto.

A resposta de Eldridge Cleaver à morte de Luther King foi mobilizar os membros do partido a atacar a polícia. Os mais jovens, sendo que o mais novo deles era Bobby Hutton, de 17 anos, estavam armados e prontos, apesar dos membros mais velhos não concordarem com a ideia.
Depois de ser acuado pela polícia em um porão, Cleaver instruiu o grupo a se render tirando toda a roupa, para que a polícia visse que estavam desarmados. No entanto, Hutton ficou com vergonha, por isso tirou apenas a camiseta.
Hutton saiu da casa com as mãos para cima e foi imediatamente baleado pelos policiais. O jovem foi um dos primeiros membros do partido a ser morto pela polícia.



16. Eldridge Cleaver se mudou para a Argélia e se concentrou na expansão do partido no exterior.

Esperava-se que Cleaver se entregasse logo depois da morte de Hutton, mas fugiu do país. Ele se mudou para a Argélia e fundou um diretório internacional.
Com isso, os Panteras Negras puderam estabelecer relações com os norte-coreanos, vietnamitas, chineses e vários movimentos de libertação africanos. Esses países compartilhavam um sentimento antiamericano semelhante ao dos Panteras.

17. David Hilliard assumiu o comando do partido temporariamente.

Com Huey Newton e Bobby Seale na prisão, e Eldrige Cleaver na Argélia, o partido ficou sem um líder.
Com isso, em 28 de setembro de 1968, David Hillard, um destacado membro do partido na época, tornou-se presidente interino do Panteras antes de ser julgado um ano depois em conexão com as acusações resultantes do assassinato de Hutton pela polícia

18. O FBI reforçou a ofensiva contra os Panteras Negras, que eram considerados uma organização terrorista.

Depois da eleição do então presidente dos Estados Unidos Richard Nixon, em 1968, os membros do Partido dos Panteras Negras disseram que sua administração deu a Hoover ainda mais poder para “oprimir sem restrições”.
Logo depois, Hoover identificou o Partido dos Panteras Negras como a principal ameaça aos EUA. Sua declaração, dita durante o envolvimento dos EUA na guerra do Vietnã, despertou uma fúria imediata. Após sua condenável afirmação sobre o partido, o FBI adotou uma abordagem mais pró-ativa em relação ao que considerava ser uma organização terrorista.
No filme, os Panteras Negras disseram que o FBI manipulava a polícia, invadia casas, e provocava tiroteios que levavam à prisão de vários homens e mulheres da comunidade negra.

19. "O Pantera 21” abriu um novo precedente entre membros do partido.

Em 2 de abril de 1969, 21 dos principais líderes dos Panteras Negras foram presos e acusados de atividades ligadas ao terrorismo.
A pena contra os ativistas era de 360 anos e o valor das fianças exorbitante. Os membros da comunidade se uniram para arrecadar dinheiro para as despesas jurídicas; imagens antigas do documentário mostram até a atriz Jane Fonda organizando uma campanha de arrecadação de fundos na própria casa.
Depois do processo que durou 13 meses e um julgamento de três horas, os ativistas foram finalmente absolvidos.

20. O partido começou a perder força devido às crescentes dúvidas sobre os objetivos dos Panteras.

Embora a absolvição dos 21 membros do Panteras tenha sido comemorada, o compromisso com a missão do partido se enfraqueceu, assim como os níveis de engajamento.
Outras prisões e processos contra os Panteras Negras enfureciam vários membros do partido e consumiam muita energia, o que, por sua vez, desencorajavam novas filiações.
“Ninguém queria se aproximar de um partido tão conturbado”, disse um ex-membro do Panteras no filme.


21. O julgamento de Bobby Seale abriu caminho para a liderança de Fred Hampton.

O cofundador do Panteras Negras, Bobby Seale, foi preso em Chicago, em setembro de 1969, acusado de conspirar para um motim, e depois foi julgado sob acusações de assassinato de um membro do Panteras, suspeito de ser um informante do FBI.
Durante seu julgamento, Seale exigiu que queria ser seu próprio advogado e insistiu em declarar seus direitos no tribunal.
Em resposta, o juiz ordenou que fosse colocada uma mordaça em sua boca e que o amarrassem na cadeira.
Durante seu julgamento, protestos eclodiram exigindo que o tribunal “parasse o julgamento”. Foi nesse período que Fred Hampton ganhou relevância por sua admirável liderança e discursos empoderadores durante os protestos.
“Você pode prender um revolucionário, mas não pode prender a revolução”, foi uma de suas famosas frases.
Hampton foi uma voz de unidade racial e ajudou a construir uma base mais ampla do Panteras Negras em Chicago. Ele até mesmo expandiu sua coalizão para incluir tanto hispânicos quanto ativistas brancos que compartilhavam a mesma missão ou objetivo semelhante.

22. A polícia invadiu a casa de Fred Hampton, matando-o e também a outro membro do partido.

Em 5 de dezembro de 1969, a polícia invadiu a casa de Fred Hampton e fez entre 82 a 99 disparos, que mataram tanto Hampton quanto Mark Clark, um líder do partido da cidade de Peoria, no estado de Illinois.
A polícia alegou que a decisão de abrir fogo teve justificativa, mas os membros do Partido Panteras Negras, como afirmado no filme, acreditam piamente que Hampton era um alvo e que o tiroteio foi planejado pelo FBI. Uma investigação conduzida depois do tiroteio revelou que apenas um tiro foi disparado pelos Panteras.
“Foi um tiro para dentro, não para fora”, um integrante do partido descreveu no documentário. Enquanto isso, William O’Neal, informante do FBI, teria recebido um bônus em dinheiro.

23. A polícia de Los Angeles abriu fogo contra os Panteras Negras, levando a um tiroteio de grandes proporções.

Apenas quatro dias depois da morte de Hampton em Chicago, a polícia de Los Angeles invadiu o escritório dos Panteras Negras na cidade. Isso aconteceu numa época em que os conflitos raciais no país haviam se intensificado e a polícia se posicionou como força dominante.
Em 8 de dezembro de 1969, 300 membros da SWAT iniciaram um ataque ao estilo militar contra os Panteras Negras. Os Panteras não se renderam e dispararam de volta, levando a um enorme confronto que durou cinco horas, com 5 mil cartuchos de munição e três pessoas feridas de ambos os lados.
Todos os sobreviventes dos Panteras Negras foram levados sob custódia. Até hoje, e apesar da violência, vários Panteras Negras consideram aquele momento uma vitória, incluindo Wayne Pharr, que faz um relato detalhado e fascinante, no documentário e em seu recente livro, do que exatamente aconteceu naquele dia. “Depois daquilo, todos os principais atores estavam na prisão”, disse Pharr. “Trancados.”

24. Huey Newton foi libertado da prisão e depois renovou o foco do movimento.

Quase oito meses depois do violento confronto em Los Angeles, multidões começaram a se reunir em Oakland e exigir a absolvição e libertação de Newton.
Em 5 de agosto de 1970, Newton era um homem livre e sua libertação foi comemorada em vários lugares. Newton voltou ao movimento e renovou o foco do partido em programas como o Café da Manhã Grátis para Crianças.
No entanto, isso provocou algumas críticas por parte de membros do partido. “As pessoas não viam [o partido] como veículo para o serviço social”, a ex-integrante do Panteras Negras, Kathleen Cleaver, disse no documentário.
“Elas o viam como plataforma para uma mudança política radical.”

25. O Partido dos Panteras Negras ficou dividido devido às crescentes diferenças.

Com Newton recém-libertado, Bobby Seale preso e Eldrige ainda na Argélia, a liderança do partido se enfraqueceu. Alguns Panteras Negras escolheram um líder para seguir, enquanto outros simplesmente desistiram.
“O partido tinha líderes que não estavam à altura de seus seguidores”, disse a historiadora Clayborne Carson no filme. Enquanto isso, alguns deles suspeitavam que a divisão era obra de Hoover, do FBI, como observado pelo historiador Beverly Cage: “Isso é parte do objetivo das operações COINTELPRO”, afirmou.

26. Os Panteras Negras apoiaram a campanha de Bobby Seale para prefeitura de Oakland.

Em 1972, Newton fechou os diretórios do Panteras Negras no condado e centralizou o movimento em Oakland.
“Os números estavam caindo e a força do partido também, então apenas fazia sentido consolidar e ver o que podíamos fazer com o que tínhamos”, disse a ex-Panteras Negras Elaine Brown no filme. Naquele mesmo ano, o membro do partido Bobby Seale saiu da prisão e depois disputou a prefeitura de Oakland.
Usar seu poder político nas urnas foi uma nova abordagem para o movimento e o entusiasmo cresceu rapidamente. Seale fez uma forte campanha, o que acabou registrando 500 mil eleitores na cidade. Embora não tenha vencido, o movimento considerou a iniciativa bem-sucedida em alguns aspectos.

27. O movimento começou a desaparecer, mas os legados dos envolvidos na revolução são duradouros.

Depois da derrota de Seale, muitos disseram que havia um vazio no movimento, que levou ao fechamento de vários diretórios nacionais.
Nessa época, líderes destacados que estavam no partido desde o início decidiram sair e Newton passou a demonstrar um comportamento errático. Newton faleceu em 1989, aos 47 anos, depois de ter sido baleado em Oakland.
Eldrige morreu aos 62 anos, em 1998, embora sua família nunca tenha revelado a causa da morte.
Seale, hoje com 79 anos, está entre os muitos Panteras Negras ainda vivos que defende algumas das mesmas questões e carrega o legado pioneiro do partido.