SET RAP NACIONAL OLDSCHOOL

quarta-feira, 15 de julho de 2015

JOVENS NEGROS DO RJ CRIAM CARREGADOR DE CELULAR A MOVIMENTO





Rodrigo Sampaio, morador de Quintino, não podia ver nenhum equipamento eletrônico ou eletrodoméstico sem que tivesse vontade de desmontá-lo conta o jovem, com 20 anos hj, e que concluiu o ensino médio na Fundação de Apoio à Escola Técnica (Faetec).
O último projeto saiu do forno há algumas semanas. Em junho do ano passado,  junto com seu primo Carlos Eduardo Dias, o Cadu, de 16 anos, criaram um gerador de energia que consegue recarregar um celular. A diferença desse para outros carregadores portáteis é que o Ônix — nome escolhido para a invenção — não precisa ser ligado à rede elétrica. O aparelho mede cerca de 7,0 por 6,5 centímetros, e não pesa nem 500 gr.
E como ele acumula energia? A resposta está no movimento corporal. O Ônix fica dentro de uma bolsa, presa por fitas na altura da coxa. Uma haste de alumínio, de 15 cm de comprimento, conectada ao aparelho, desce pela lateral da perna até a parte de cima da canela. A haste é movimentada com uma simples caminhada, e esse balanço, provocado pelos passos e repetido várias vezes, permite que a energia cinética seja transformada em elétrica no gerador. Uma caminhada de 3 hrs é suficiente para que o dispositivo fique 100% carregado. O Ônix consegue recarregar um iPhone até três vezes sem precisar ser alimentado novamente com energia.